top of page

2 meses


Dois meses do meu bolotinha.

O tempo tem sido cruel, como sempre, em todos os sentidos.

Os dias que voam não me permitiriam ver o mês passar. Levaram meu recém nascido sem tempo para despedidas e preencheram por completo a minha vida. A sensação é de que abdiquei completamente de mim. Tudo ficou pra depois. Essa é a maternidade real de quando se tem dois filhos e uma nova rotina para se adaptar. Não teve tempo sequer para uma foto comemorativa. Mas não dava pra passar batido. O amor segue disparando na mesma velocidade com que correm o calendário, os quilos e os centímetros a mais, deixando meu bebê cada dia mais encantador. Estamos mais conectados do que nunca. Minha vontade é de que fosse possível guardar esse momento em uma caixinha no fundo do armário, para que eu pudesse simplesmente abrir sempre que quisesse revivê-lo de novo. Não sendo possível, transformo-o em palavras, para não deixar que a memória um dia falhe: foram dois meses intensos, um tanto quanto caóticos, mas que pequenos sorrisos banguelas cada vez mais frequentes insistiram em cobrir de leveza e cor.

Obrigada por tanto em tão pouco tempo, meu mais novo amor.




Comments


      Flávia Vilhena
foto 2.jpg

Sou a Flávia. Mãe do Caetano e do Augusto. Viajante, ex-blogueira (de viagem), advogada e agora escritora...

Textos em Destaque
Textos Recentes
Procure por tema

E aí, curtiu? Me conta o que você achou.

  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter
  • Spotify ícone social
Siga
  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter
  • Spotify ícone social
bottom of page